Como fazer um plano de comunicação Interna?

endomarketing, planejamento

Para melhor direcionar as suas campanhas de marketing interno, é preciso centralizar a gestão de conteúdo. Neste artigo, você descobrirá como definir a sua persona, desenvolver conteúdo e como montar planilhas para ter controle e previsibilidade sobre as suas publicações.

1) Persona


O primeiro passo é identificar o público-alvo. O público-alvo de comunicação interna são os seus funcionários. Descubra o arquétipo do seu colaborador, para que você encontre a forma correta de falar com ele. Sua empresa é mais formal ou mais informal? A comunicação irá variar conforme a resposta dessa pergunta.

Você deve conhecer o seu avatar, outra denominação para persona, para melhor definir as estratégias de comunicação, assim como para a coleta de dados. Lembre-se de que as informações sobre o seu funcionário não são baseadas em opiniões, mas em estatísticas. Através delas, você saberá quais são os desejos e necessidades dos seus colaboradores.

Pergunte-se agora: Quem é seu colaborador?

Comece dando para a sua persona: nome, sexo, idade, escolaridade e cargo ou ocupação. Então, além de comportamentos, objetivos e desafios, você também pode listar os hábitos, interesses, faixa de renda, necessidades, desejos, padrão de consumo, etc. Um perfil bem detalhado faz parecer que se trata de uma pessoa real. Se houver mais de um perfil de colaborador, desenvolva mais de uma persona.

Exemplos:

  • Quais são os meios de comunicação que a sua persona mais utiliza dentro da empresa? E-mail, mural, rede interna, TV corporativa, aplicativo, etc.
  • Qual o objetivo pessoal ou profissional do colaborador, que você pode apoiar?
  • Quais desafios que atrapalham seus funcionários em alcançar esse objetivo?
  • Qual a percepção da persona acerca do potencial que você tem para ajudá-lo?
  • A quem ela se dirige quando precisa de informação corporativa?
  • Quais são as objeções mais comuns da persona à sua empresa?

2) Ideias de conteúdo


Após identificar a(s) sua(s) persona(s), chega o momento de levantar as ideias de conteúdo. Junte sua equipe para uma sessão de brainstorming - mais conhecido como toró de ideias. Monte uma tabela, de modo que você consiga visualizar várias categorias ao mesmo tempo. Desenvolva colunas com os tópicos: formato (post, e-mail, vídeo, infográfico, evento, entrevista interna, etc), palavras-chave (para conduzir o redator), tema do conteúdo (título para o material), persona, status (andamento da tarefa) e quem sugeriu a ideia.

Para o formato vídeo, por exemplo, o tema como dar feedback para seu chefe? Teria como palavras-chave feedback, chefe, cultura. Sua persona seria o Ricardo, homem, 26, segundo grau, funcionário da sua empresa. O status, que comunica o encaminhamento do assunto, pode ser: ideia, planejado ou publicado.

“Planejar visualmente te dá maior controle sobre o que já foi feito, o que está em andamento e qual será o próximo passo. Além disso, uma planilha para cada mês permite que você tenha uma visão geral das publicações (posts, vídeos, eventos, e-mails, etc) ao longo dos meses.”

 

3) Gestão de publicação


A gestão de publicação serve para manter o controle sobre a publicação de conteúdo, estabelecendo quem será responsável e qual será o prazo de entrega. Esta é a chamada gestão dos status dos conteúdos.

Crie uma planilha composta pelas seguintes colunas: ideias aprovadas, quem foi responsável, qual é título do material, referências que serão utilizadas, palavras-chave, prazos e, por fim, o status de conteúdo.

Para o formato vídeo, por exemplo, no tema como dar um feedback para seu chefe?, Cristina será a responsável pela sua execução. A data de entrega será 02/05/2019 e a data de publicação será 06/05/2019. O status, por sua vez, indicará: a) se a pauta foi passada para o redator, b) se o redator enviou o esqueleto do texto para o revisor, c) o texto corrigido volta o redator finalizar, ou d) se a versão final está pronta.

4) Cronograma Mensal


Trata-se do seu calendário de conteúdo. Esta será a mais ampla das planilhas, pois ela controlará todas as outras. O cronograma mensal deve ser subdividido em semanas e, estas, em dias.

Planejar visualmente te dá maior controle sobre o que já foi feito, o que está em andamento e qual será o próximo passo. Além disso, uma planilha para cada mês permite que você tenha uma visão geral das publicações (posts, vídeos, eventos, e-mails, etc) ao longo dos meses.

Para construir a sua planilha mensal, divida verticalmente em dias da semana e horizontalmente nas semanas do mês (semana 1, semana 2, semana 3…). Lembre-se de marcar os feriados, para não se equivocar nos agendamentos, bem como para utilizar a melhor estratégia de publicação do seu material. Sugere-se, ao menos, uma ativação por semana, para garantir uma periodicidade mínima.

Loading...
Universidade do Feedback

Cecilia Pessoa é fascinada por artes, literatura e tudo que envolve a capacidade e a condição humana. É bacharel em direito, professora e tradutora de francês e estudante de comunicação social. Cecília, admiradora de boas ideias, é fundadora do Crível Incrível, um espaço de escrita criativa.