O que é Feedback em Gestão de Pessoas?

Pollini Joriofeedback

O que é Feedback em Gestão de Pessoas?

Verdade seja dita: Feedback é sempre positivo. No entanto, para algumas pessoas, aprender a lidar com essa frase é uma baita quebra de paradigma. Para a nossa sorte, surgiram novas metodologias e ferramentas inovadoras em gestão de pessoas, onde feedbacks são feitos para reconhecimento de comportamento (o antigo feedback positivo) e sugestão de melhorias (o antigo feedback negativo). Seja qual for o caso, ambos são positivos para quem recebe e eu explico o motivo.

Historicamente, o conceito de feedback nasceu nas áreas de biologia e engenharia, carregando o significado de retroalimentação, ou seja, as forças de um determinado sistema, andando em loop, para manter o sistema vivo. Vamos aos exemplos, que assim fica mais fácil de imaginar.

O girassol utiliza um feedback químico nas folhas, que recebem mais ou menos luz, para manter seu caule sempre alinhado ao sol. Na engenharia, foguetes e aviões usam inúmeros sensores para manterem-se alinhados e aprumados. Em ambos os casos, a perfeição do funcionamento depende da resposta que o organismo obtém. Nas empresas, o Feedback logo ganhou o mundo dos Recursos Humanos, porque, quando falamos de comportamentos e metas pessoais, as observações dos colaboradores ao nosso redor nos ajudam a entender o que estamos fazendo de fato. Se perceber é muito difícil… autocrítica, mais difícil ainda! Há quem passe anos na terapia, sem conseguir desenvolver a habilidade. É aí que entra a necessidade de alguém de fora poder dizer algo sobre nós, que é o que chamamos de Feedback.

Para sintetizar a ideia, feedbacks são opiniões de outras pessoas sobre nós, com o objetivo de nos ajudar a entender o que fazemos que funciona, e o que fazemos que não funciona. Dar um bom feedback é importante, porque ajuda quem está recebendo a se tornar uma pessoa melhor, com fatos, dados e exemplos, sem julgamentos, bem como estimula a pessoa a ser cuidadosa na hora que for a sua vez de dar um feedback.